Segunda edição do projeto Sangue de Primeira arrecada 658 bolsas, potencial para salvar quase 2 mil vidas
O ganhador da camiseta foi Vinícius Cubero Valentim Lemos (sangue O+)


29/12/2020 14:52:04 Comunicação NOTÍCIAS

A segunda edição do projeto Sangue de Primeira, parceria entre o Hospital Universitário São Francisco na Providência de Deus e o Red Bull Bragantino, foi um grande sucesso. Em meio à pandemia do Novo Coronavírus (COVID-19), nosso Hemonúcleo Regional, referência para 11 municípios, recebeu, entre os dias 14 de outubro e 24 de novembro, 658 bolsas de sangue, constituindo um potencial para salvar até 1.974 vidas.

"É motivo de orgulho ter um parceiro como o Red Bull Bragantino nesta caminhada a serviço da vida. Em virtude da pandemia, as doações caíram consideravelmente. Mas, graças ao Sangue de Primeira, conseguimos minimizar o déficit de bolsas e construir um potencial para salvar quase 2 mil vidas na Região Bragantina", disse o diretor administrativo do Hospital Universitário São Francisco na Providência de Deus, Frei Roberto Santos.

O Red Bull Bragantino doou ao Hospital uma camisa oficial autografada por todo o elenco (preta, tamanho G) para ser sorteada aos doadores e utilizou seus canais oficiais de comunicação (site e mídias sociais) para ajudar nossa instituição a promover a campanha. Os craques do Massa Bruta também gravaram depoimentos em vídeo, mobilizando a Região Bragantina pela importante causa a serviço da vida.

Neste ano, o período para a doação foi estendido em virtude da pandemia e de um projeto pioneiro para a saúde latino-americana que tem o Hospital e o SAMU de Bragança Paulista-SP como protagonistas. Clique aqui para saber mais sobre ele.

O ganhador da camisa foi Vinícius Cubero Valentim Lemos (sangue O+). Mas, certamente, a maior vencedora foi a população da Região Bragantina, que está fortalecida pela concretização de mais uma grande corrente solidária!


Tags:  

Galeria