Dia da Nefrologia: médico destaca importância da creatinina, tema da campanha do Dia Mundial do Rim
Dr. Alexandre Arrebola alerta para o exame que avalia o funcionamento dos rins


09/03/2020 07:27:16 Comunicação NOTÍCIAS

 
Nesta segunda-feira, 9 de março, é celebrado o Dia da Nefrologia. Porém, a semana especial de conscientização sobre os fundamentais aspectos renais se estendem até sábado (14), quando ocorre o Dia Mundial do Rim – data que é comemorada desde o ano de 2006, iniciativa da International Society of Nefrology (ISN) e International Federation of Kidney Foundations, com o objetivo de alertar a população sobre doenças que, por vezes, são negligenciadas.
 
“A pessoa, geralmente, sabe o que é colesterol, mas não tem ideia do que seja a creatinina”, exemplifica o Dr. Alexandre de Toledo Arrebola (CRM 90.896), médico responsável pelo serviço de Nefrologia do Hospital Universitário São Francisco na Providência de Deus, ao salientar o fundamental exame que mensura e avalia o funcionamento dos rins e deve ser realizado periodicamente para a prevenção de doenças.
 
“A creatinina é o metabólito da creatina, que é a proteína do músculo. Caso o exame de check-up aponte um alto nível deste composto no organismo, a pessoa deve mudar imediatamente o padrão de vida, adotando hábitos saudáveis para o controle dos fatores de risco, tais como hipertensão, obesidade e diabetes. Para a prevenção de doenças renais, o senso comum de que ‘apenas a hidratação basta’ deve ser sempre corrigido”, detalha Dr. Alexandre, antes de retomar o comparativo com o colesterol.
 
“A alta taxa de colesterol pode ser combatida com remédios. Porém, o mesmo panorama não vale para a creatinina. Embora seja um exame simples, barato e viabilizado pelo Sistema Único de Saúde (SUS), 20% da população brasileira ainda possui doença renal crônica – e estima-se que 10 milhões de brasileiros não têm sequer ciência disso”.
 
Para reverter o panorama de negligência e desconhecimento sobre as doenças renais crônicas – compreendidas pelo especialista como a Epidemia do Século –, Dr. Alexandre sublinha a importância do médico cardiologista no contexto preventivo: “Os tradicionais check-ups, geralmente, enfatizam os aspectos cardiovasculares. Porém, é essencial que a dosagem de creatinina seja sempre levada em consideração e encarada com a mesma importância do que os fatores que encaminham a morte cardíaca”.
 
Atenção com os suplementos alimentares
 
Comum entre os jovens e praticantes de atividades físicas, o uso de suplementos alimentares só deve ser usado com acompanhamento especializado e parcimônia. “Infelizmente, o consumo indiscriminado de tais produtos, que é frequente, pode levar à doença renal ou ao tratamento de hemodiálise, afinal, o excesso pode ter como consequência o entupimento do rim”, finaliza o Dr. Alexandre.
 
Dr. Alexandre de Toledo Arrebola (CRM 90.896) é médico nefrologista e responsável pelo serviço de Nefrologia do Hospital Universitário São Francisco na Providência de Deus. É graduado em Medicina pela Universidade São Francisco (USF), onde também cumpriu o período de residência médica.
 
Médicos do serviço de Nefrologia – HUSF 
Dr. Alexandre de Toledo Arrebola – CRM 90.896
Drª. Bruna Belotto – CRM 169.904
Dr. James Patrick Cícero de Oliveira Bersano – CRM 149.419
Drª. Leila Fava – CRM 100.857   
Dr. Thiago Corsi Filiponi – CRM 120.793
 
O Dia Mundial do Rim, que será celebrado em 12 de março, é uma iniciativa da International Society of Nefrology (ISN) e International Federation of Kidney Foundations

Tags:  

Galeria