Médica coordenadora do HUSF é autora de obra inédita sobre Foniatria
Drª. Sulene Pirana explica sobre a pouco explorada área de especialização da ORL


23/01/2020 08:44:26 Comunicação NOTÍCIAS

A partir de fevereiro de 2020, os profissionais da saúde e da educação terão à disposição uma obra inédita sobre Foniatria – área de especialização da Otorrinolaringologia responsável por estudar e compreender os distúrbios da comunicação e aprendizagem. O livro “Tratado de Foniatria”, da editora Thieme Revinter, é resultado da dedicação de duas renomadas profissionais do segmento: Drª. Sulene Pirana (CRM 72.647), coordenadora do Programa de Residência Médica do Hospital Universitário São Francisco na Providência de Deus, e Drª. Mariana Lopes Fávero. As profissionais enxergaram a necessidade de difundir o tema, que, embora essencial para o desenvolvimento humano, ainda é desconhecido pelas esferas multidisciplinares.
 
“O contexto que envolve os distrúrbios de comunicação e aprendizagem é muito amplo, afinal, ele traz consigo quadros semelhantes, mas com causas totalmente diferentes. Neste panorama, a Foniatria se mostra fundamental, pois caberá a ela realizar a abordagem médica de cada caso, elaborando o diagnóstico que servirá de suporte para a correta terapia de crianças ou adultos”, explica Drª. Sulene, antes de destacar a importância de um encaminhamento adequado durante o período de formação escolar.
 
“É muito comum ver um aluno ser taxado de preguiçoso na escola, mas a descrição do problema é totalmente diferente da causa. Precisamos ir muito além da simples constatação para entender o motivo de determinado comportamento. Portanto, a Foniatria não dialoga, apenas, com médicos (otorrinolaringologistas, pediatras, psiquiatras e neurologistas), mas também com psicólogos, fonoaudiólogos, pedagogos, psicopedagogos e até mesmo linguistas”.
 
Finalizada em dezembro de 2019, a obra, cujo público-alvo engloba os profissionais que se interessam por problemas de linguagem, será lançada oficialmente no mês de fevereiro, durante o evento Hearing, no Centro de Convenções Rebouças, em São Paulo-SP. Orgulhosa pelo árduo trabalho, Drª. Sulene Pirana, que também ministra cursos de formação em Foniatria na Universidade de São Paulo (USP) e na Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF), disse esperar contribuir de modo eficaz para a difusão do conhecimento técnico sobre o assunto.
 
“Por se tratar da primeira obra brasileira sobre Foniatria, esperamos uma grande adesão dos profissionais da saúde. Antes, a abordagem da especialidade estava restrita aos artigos publicados na internet. Entretanto, o tema merece uma referência abrangente e confiável e precisa ser popularizado para além da Otorrinolaringologia, visto que 15% das pessoas, aproximadamente, apresentarão problemas de comunicação ou aprendizagem durante a vida”, encerrou.
 
Drª. Sulene Pirana (CRM 72.647) é graduada em Medicina pela Santa Casa (São Paulo-SP), com residência médica em Otorrinolaringologia cumprida no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFMUSP) e formação em Foniatria pela Divisão de Estudos e Reabilitação dos Distúrbios da Comunicação (DERDIC). Atualmente, é professora do curso de Medicina da Universidade São Francisco (USF) –  desde 2016 –, coordenadora do programa de Residência Médica do Hospital Universitário São Francisco na Providência de Deus – desde 2011 – e responsável por ministrar cursos de formação em Foniatria na Universidade de São Paulo (USP) e na Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF)

Tags:  

Galeria