HUSF inaugura moderna unidade de tratamento de cálculos urinários
A instalação foi concretizada em parceria com a Uropec do Brasil


24/06/2019 07:32:44 Comunicação NOTÍCIAS

O Hospital Universitário São Francisco na Providência de Deus apresenta à região de Bragança Paulista-SP a inauguração de uma moderna unidade de tratamento de cálculos urinários. A instalação, concretizada em parceria com a Uropec do Brasil, oferece o que há de mais avançado neste contexto urológico, disponibilizando técnicas minimamente invasivas – tais como litotripsia extracorpórea, ureteroscopia à laser, cirurgia renal percutânea e laparoscopia.

“As técnicas minimamente invasivas, também conhecidas como Endourologia, oferecem aos pacientes cirurgias com alto grau de resolução através de orifícios naturais do sistema urinário – ou com pequenas incisões –, levando a um pós operatório com menos tempo de internação e menor índice de complicações, facilidades que possibilitam um retorno mais rápido às atividades habituais e cotidianas”, detalhou o Dr. Denis Ramos, integrante da equipe de Urologia do Hospital Universitário São Francisco na Providência de Deus.

Com quase 20 anos de atuação em Endourologia, Dr. Denis Ramos, ao explicar a eficácia dos procedimentos, sublinhou que apenas a ureteroscopia à laser não é coberta pelo Sistema Único de Saúde (SUS), sendo uma intervenção exclusiva dos convênios médicos privados. “Esperamos, no entanto, que toda a população que depende da saúde pública seja futuramente contemplada com todos os benefícios propiciados pelas técnicas minimamente invasivas de Urologia”, comentou.

Adiante, Dr. Denis Ramos explicou os sintomas mais comuns que atestam a presença dos cálculos renais e alertou para os casos assintomáticos – enfatizando a surpreendente variação de dor envolvida no contexto do diagnóstico médico.

“Os sintomas de cálculo renal tendem a predominar na região lombar, lateralmente, ou, preferencialmente, próximo às costelas, com irradiação para a região abdominal. Ardência e sangramento ao urinar podem representar indícios do problema, mas precisamos destacar que eles podem, simplesmente, não existir, afinal, temos casos assintomáticos. Ou seja, dependendo do tamanho e da localização do cálculo no trajeto do sistema urinário, o paciente pode se queixar de uma dor intensa ou não sentir nada”.

De forma a prevenir o desenvolvimento do cálculo renal e impedir o surgimento de casos assintomáticos, Dr. Denis Ramos detalhou os cuidados que devem ser adotados diariamente, atentando para a questão alimentar.

“A prevenção de cálculos renais melhora significativamente com especial atenção aos fatores dietéticos. Portanto, são pré-requisitos o aumento da hidratação (com bom consumo de água e sucos de frutas cítricas) e o baixo consumo de sal e alimentos ricos em sódio. A ingestão de chocolate, refrigerante e proteínas também deve ser feita com moderação”.

Dr. Denis Wilson Ramos (CRM 82.062) é especialista em Urologia pela Sociedade Brasileira de Urologia

Equipe de Urologia do Hospital Universitário São Francisco na Providência de Deus

Dr. Marcos Antônio Santana de Castro – CRM 64.057 
Dr. Celso Lépera – CRM 72.979 
Dr. Denis Wilson Ramos – CRM 82.062 
Dr. Fernando Eustáquio dos Santos Junior – CRM 103.255 
Dr. Nilton José de Oliveira – CRM 58.832


Tags:  

Galeria