Pediatras do HUSF falam sobre cuidados ao visitar o recém-nascido


21/05/2019 07:57:36 Comunicação NOTÍCIAS

A chegada de um bebê é uma fase de muitas alegrias, porém, de mudanças e adaptações. A rotina é completamente transformada. Mãe e filho estão aprendendo um com o outro e criando laços. Por isso, até que essa rotina seja estabelecida, parentes e amigos devem tomar alguns cuidados na hora de visitar o bebê.

Dra. Priscilla Guerra (Médica Pediatra Neonatologista e Coordenadora da UTI Neonatal do HUSF) e Dr. José Roberto Lutti (Médico Pediatra, Coordenador do Pronto-Socorro Infantil e da Clínica Pediátrica do HUSF) afirmam que o bom senso deve prevalecer, começando pela visita na maternidade. “A mãe está cansada, com dor, além de ser o momento de estabelecer o vínculo entre mãe e bebê”, comenta Dra. Priscilla. “Por isso, apenas pessoas muito próximas devem estar presentes no hospital”, completa Dr. Roberto. 

O correto é aguardar alguns meses até visitar o recém-nascido. “A pessoa deve ficar o mínimo de tempo e também evitar carregar, pegar nas mãos e beijar o bebê”, explica Roberto. Isso porque o bebê não tomou todas as vacinas, ainda não tem imunidade e várias doenças são transmitidas pela boca. E aqui vale uma observação: é através da amamentação que a imunidade da criança vai aumentando, daí a importância do aleitamento materno exclusivo até os seis meses.

Dra. Priscilla lembra que a amamentação – embora possa ser feita em qualquer local – é um momento de intimidade. Portanto, deve ser feita em local tranquilo. “As visitas devem respeitar esse momento”, reforça a pediatra.

Redes Sociais

Hoje em dia o celular é praticamente uma extensão do corpo humano. E nossa rotina está exposta nas redes sociais para quem quiser olhar. E como resistir em postar uma foto de um bebê tão fofinho? Usando a expressão mágica: bom senso! “Pergunte aos pais se você pode tirar a foto. Se eles autorizarem, respeite o tempo do bebê e não use o flash”, esclarece Dr. Roberto. E uma dica para os pais: quando forem contratar fotógrafos para fazer os chamados “newborns” (ensaios fotográficos), é importante pesquisar sobre o profissional e buscar referências.

Outras atitudes básicas na hora da visita são: lavar bem as mãos; usar álcool gel; evitar usar perfumes; não fumar; nunca visitar uma criança quando estiver doente (mesmo que seja um resfriado). “Os cuidados aumentaram atualmente porque as doenças também aumentaram. Antigamente não se falava muito em cuidados na hora das visitas, porém a mortalidade era maior. Muitas vezes as causas das mortes de recém-nascidos eram desconhecidas. Hoje nós sabemos que alguns cuidados básicos evitam diversas doenças”, relata Dra Priscilla.

Os médicos também atentam para a importância do acompanhamento com o pediatra no consultório, pois muitos pais levam os filhos somente ao PS quando há alguma emergência. “O retorno deve ser feito mensalmente no primeiro ano de vida”, ressalta Dr Roberto.

Eles também comentam sobre a busca de respostas na Internet. “A melhor maneira de se informar é procurar o pediatra, conversar com o especialista, pois muito conteúdo na internet gera desinformação e acaba atrapalhando ao invés de ajudar”, finaliza Dra. Priscilla.


Tags:  

Galeria