Setembro Amarelo
Precisamos falar sobre o suicídio


12/09/2018 15:43:10 Comunicação NOTÍCIAS

O suicídio é um assunto que precisa ser discutido amplamente e não deve ser tabu. Muitas pessoas apresentam ideações suicidas mesmo sem apresentar sintomas depressivos. Os pensamentos e atos podem ocorrer por múltiplos desencadeantes, podem ser súbitos, planejados ou impulsivos.

É importante observar os sinais de depressão, desânimo com a vida, desprazer, mudanças de comportamento e conversar a respeito, procurar ajuda.

Existem profissionais da saúde e da saúde mental capacitados para acolher e ajudar. Há ainda um Centro de Valorização da Vida, o CVV. Ao ligar o número 141, a pessoa recebe apoio emocional em conversa com um dos voluntários. O serviço funciona 24 horas por dia.

Alguns dados sobre o suicídio:

- A cada 40 segundos há uma morte por suicídio no mundo. Isso sem contar as inúmeras tentativas que ocorrem.

- É importante falar sobre o suicídio.

- Muita gente acha que quem quer morrer não dá sinais, não avisa, que quem fala só está querendo chamar a atenção. A pessoa com ideação suicida tem uma ambivalência entre o viver e o morrer. Muitas vezes isso acontece por não ver saída ou possibilidade de melhora. Quando a pessoa dá sinais e fala sobre esse sentimento, é porque ela está procurando ajuda.

É essencial observarmos os sinais e as mudanças de padrão de comportamento.

Não é frescura! Não é drama! É muito sério!

Texto escrito por Camilla Nicolucci - Médica Psiquiatra - Graduada em Medicina pela Universidade São Francisco, residência Médica em Psiquiatria no HUSF e Mestrado em Ciências da Saúde pela USF em colaboração com a Universidade de Coimbra


Tags:  

Galeria