Pacientes da hemodiálise do HUSF "pedalam" para ter mais qualidade de vida
Projeto existe dede outubro de 2017


04/07/2018 14:44:30 Comunicação NOTÍCIAS

O Hospital Universitário São Francisco na Providência de Deus (HUSF), em parceira com a Universidade São Francisco (USF), trouxe para os pacientes da Hemodiálise a “mini bicicleta cicloergometrico”. Trata-se de um aparelho, onde os pacientes realizam exercício durante as sessões de hemodiálise, como se estivessem em uma bicicleta.

A atividade é monitorada pelo coordenador do setor, o enfermeiro José G. de Matos Júnior e a fisioterapeuta e professora Juliana Seraphin Pieira. “Esse tipo de aparelho já é usado em países desenvolvidos há algum tempo e agora tornou-se realidade para nós também. Portanto, é uma grande conquista”, conta o enfermeiro José.

O HUSF realiza, em média, 1.500 sessões de hemodiálise por mês, dividas em três turnos: manhã, tarde e noite. Os pacientes precisam vir três vezes por semana e cada sessão dura quatro horas.

As pedaladas variam de 15 a 30 minutos. Entre os benefícios do exercício está a melhora da função cardiopulmonar e consequentemente o condicionamento geral dos doentes renais crônicos, o que resulta na melhora da qualidade de vida.

“Não são todos os pacientes que têm indicação para fazer esse tipo de exercício. Avaliamos caso a caso”, explica a fisioterapeuta Juliana. Estudos comprovam que a fisioterapia é de extrema importância na rotina de tratamento dos pacientes em diálise, pois estes costumam ter perda de força muscular e diminuição de massa óssea.


Tags:  

Galeria