Setembro amarelo - Mês de prevenção do suicídio
Normalmente os homens se matam mais, porém, as mulherem tentam mais vezes


04/09/2017 08:39:46 Comunicação NOTÍCIAS

Um novo mês se inicia, e com ele, a campanha de conscientização Setembro Amarelo. O mundo todo celebra o movimento, especificamente no dia 10, que é o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio. A campanha tem o objetivo de alertar a população a respeito do suicídio, assim como suas formas de prevenção. Se nunca ouviu falar, você não é o único. O tema ainda é pouco discutido em nossa sociedade, seja por medo ou desconhecimento, e muitas vezes, os sinais de que uma pessoa próxima está com ideias suicidas não são percebidos.

No Brasil, 32 pessoas morrem por dia vítimas de suicídio, e ao contrário da média mundial, esse número tem crescido em nosso país, principalmente entre jovens de 15 a 25 anos. Por trás dessas estatísticas, estão as histórias individuais daqueles que, por diferentes razões, questionaram o valor de suas vidas.

Se você tem percebido em alguém próximo mudanças de comportamento, pensamento negativista, desesperança e aumento do uso de álcool e drogas, fale abertamente com ela. Ofereça ajuda para agendar uma consulta com um profissional ou converse com familiares. Ao contrário do que se pensa, o questionamento não será interpretado como uma sugestão ou aumentará o risco da pessoa se suicidar.

Segundo a Organização Mundial de Saúde, desde que haja ajuda voluntária ou profissional, 90% dos suicídios podem ser evitados. No Brasil, o Centro de Valorização da Vida (CVV) atua há mais de 50 anos dando apoio emocional, acolhimento e atenção, de forma voluntária e gratuita, a todas as pessoas que o procuram, através do telefone 141 e do site www.cvv.org.br.

Ajude a divulgar o movimento, compartilhe em sua rede social: #setembroamarelo 

* Texto escrito por Nicole Rezende da Costa, médica residente de psiquiatria do HUSF.


Tags:  

Galeria